Voltei-me \o/

 Depois de euzinha aqui ficar fora durante MILÊNIOS , i'm back @-@

 

Bom, tive alguns problemas pessoais e por isso tive de ficar fora durante um BOM tempo ^^

 

Vou falar hoje de um assunto sério que eu li no blog   http://freakbutterfly.wordpress.com/2009/05/06/auto-flagelo-–-relatos-de-uma-viciada/ (Freak Butterfly) , vou dar um rápido copiar e colar em uma parte do texto.

 

 

"É estranho estar aqui e colocar minha cara a tapas, mas como muitos de nós somos julgados, em conseqüência de uma modinha estúpida intitulada “emo”, as pessoas acabam nos tachando como estes, e não enxergando o verdadeiro problema que há por trás."

 

Gostaria de ressaltar que quem comete auto-flagelo NÃO é EMO, é uma pessoa com uma doença psicológica GRAVE, pode ser transtorno bipolar (A doença, não pessoas que mudam de comportamento de repente ou adolescentes na TPM), depressão, e várias coisas.

 

"Realmente, a vida de nossos familiares se tornam um inferno. Com medo sempre de que possamos fazer o pior a nos mesmos, passamos a ser vigiados e até mau interpretados. Muitos conseguem esconder de sua família e amigos o que acontece, eu sinceramente, moro em uma cidade quente o ano inteiro, e não poderia usar manga longa pra disfarçar as cicatrizes, mas muitos ao meu redor já sabem, e sei de a maioria dos muitos me acham idiota e estúpida por fazer algo assim."

 

A pessoa que comete auto-flagelo acaba não só prejudicando a si mesma como a seus familiares e amigos, mas é importante também ressaltar que esse ato de se ferir, seja se batendo ou se cortando, é um pedido desesperado de ajuda de alguém que está sofrendo muito.

Caso vocês conheçam alguém que se auto-flagele ou você mesmo faça isso, aconselho procurar ou indicar um psiquiatra para o mais  urgente o possível, pois o "pequeno" ato de se machucar pode evoluir para algo muito mais grave.

 

"Eu já passei meses sem me infligir à dor física, mas quando menos percebo, lá estou eu no fundo do “poço”, magoando novamente as pessoas que mais amo."

 

"Isso não é moda, isso não é absurdo, isso é dor, é sofrimento, é um martírio, é um grito de socorro que poucos ouvem ou fingem não escutar.''

Não é simples parar de cometer auto flagelo, mas com ajuda, isso é possível! E é possível encontrar ajuda ^^

 

Creditos: Freak Butterfly (http://freakbutterfly.wordpress.com)

As frases em vermelho terroso são dela.

 

Beijos by JuH ^^ 

 

 

publicado por JuH ' às 16:59
link do post | comentar | favorito